O Laboratório de Biologia Molecular trabalha na detecção de patógenos bacterianos e virais de interesse para pecuária nacional, como os causadores da Brucelose, Febre Aftosa e Tuberculose. Utiliza para isso técnicas moleculares avançadas de diagnóstico, como a PCR, PCR em tempo real e sequenciamento.